Dicas de Nova Friburgo

Capril Geneve, na Teresópolis-Friburgo: o caminho é uma delícia

Não sou um experto em Friburgo. Na serra, minha praia sempre foi Teresópolis, onde já morei. Mas, naturalmente, já fui bastante até a terra das calcinhas.
O melhor caminho é pela Teresópolis-Friburgo, que tem um monte de hotel legal, caros, em sua maioria. Uma parada imperdível é a Cremerie Genève (na foto), que produz o que é para mim o melhor queijo de cabra do Brasil. O pyramid é o meu predileto, mas não dispenso nenhum: o frescal, o boursin, o saint maure, o charolais, o brique, o romano, o chevrotin, o crottin. Até o iogurte é uma delícia. Dá para ver a produção dos queijos, num programaço para crianças. No restaurante são servidos bons pratos. O pato com batata rosti e purê de maçã é uma coisa de doido. Mas não chega a ser um lugar barato. Outra parada que não dispenso é na Queijaria Suíça.
Na Teresópolis-Friburgo tem outros restaurantezinhos bem legais. Tem um, que não vou há muito tempo, chamado Lingüiça do Padre, que preparava uma comidinha caseira nota 10. O feijão era uma coisa. Tinha frango assado, farofa, leitão e, é claro, lingüiça. Muito bom e barato. E agora parece que os caras têm plantação de verduras hidropônicas (aliás, este estrada é uma formosura por causa das plantações de alface, agrião, rúcula e outros que enfeitam as margens. Lindo, lindo). Em Friburgo gostei muito de comer no Crescente, no Le Bom Bec e no Távola, que prepara caças. Comi uma capivara na cachaça ótima. Aliás, caças – que eu adoro – também são a especialidade de um restaurante simpático e barato na pracinha de São Pedro da Serra. É (ou ao menos era) o próprio dono quem te atende. O cara gosta de um bom papo.  Em SPS não deixe de passar na Chocoarte, cujo nome dispensa qualquer apresentação sobre os produtos vendidos ali.
Para ficar, tem um hotelzinho muito bem cotado no Guia Brasil chamado Dominguez Máster-Mirador, com boa estrutura de lazer e preços camaradas, a partir de R$ 85. Também tente a Pousada Mariza, na estrada Mury-Lumiar. Por fim, o Vale do Luar, que divide a área de lazer com o Bucsky, mas custa a metade do preço.
Bem, acho que é isso.

Publicado em 6/9/2008

Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.

About these ads

4 Respostas to “Dicas de Nova Friburgo”

  1. Júlio Says:

    Bruno amigo.Passei uns tempos em Lumiar e São Pedro da Serra na fase do bicho grilo.Ali tem lugares misticos.
    Abs.

  2. brunoagostini Says:

    Vou pra lá amanhã. Fico até sexta. Por isso, devo dar uma sumida do blog até o fim de semana. abraços

  3. Dona Irene, em Teresópolis: refeição de czar « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    [...] Na mesma matéria falo, ainda, do restaurante Camponesa da Beira, já tratado aqui neste blog. E, para ler mais umas dicas de Friburgo, deixo este link aqui. [...]

  4. Índice de posts de cidades no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    [...] - Dicas de Nova Friburgo [...]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 981 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: