A caminho da Roça teresopolitana, um coelho gostoso e baratinho: mais um capítulo da série Terê Botequim

Teresópolis é a minha segunda casa. Tenho ido bastante desde o meio do ano passado, quando aluguei uma casa lá para poder visitar a filha, que mora na cidade, lugar que adoro, onde me sinto muito bem. No inverno que chega, gosto ainda mais – se bem que subir a serra no verão escapando do calor inclemente do Rio também é realmente delicioso.
Nessas idas constantes a Teresópolis tenho visitado alguns botecos bastante bons. Alguns deles eu listei na reportagem que saiu no Boa Viagem, republicada aqui em versão um pouco ampliada.

De lá para cá, descobri mais alguns lugares com esse perfil botequeiro, o Bar e Mercearia da Ponte, lé na localidade de Venda Nova, na gostosa zona rural teresopolitana, conhecida pelo adorável apelido de “Roça”. Quem me deu a dica foi o Serginho, da Riser Delikatessen, um dos lugares citados na minha matéria. Certo dia eu estava lá, e acabei comentando que gostava de comer coelho.
– Então, você que gosta de comer coelho, e que adora frequentar botequins, precisa conhecer uma moça lá em Venda Nova. Ela faz um coelho delicioso, e baratinho.
Ele fez um mapa para mim, mas nem é tão necessário, assim. Segundo em direção a Nova Friburgo, indo pela estrada Teresópolis-Friburgo, entramos à esquerda, em frente a igrejinha. É só ir direto. É bom ligar para se informar, e confirmar se a casa está aberta, e se tem coelho (os telefones são 21-2644-6032 e 21-9143-1537).
Na primeira vez que fui, embora fosse cedo, o coelho já tinha acabado (menos mal, aproveitei para visitar a Cremerie Genève, um pouco depois dali), mas o cheirinho de comida boa era uma tentação. Voltei dois dias depois, no feriado do Dia do Trabalhador (mas dessa vez, liguei antes, para encomendar).


O lugar é bastante simples. Adoro lugares assim. Quando cheguei, o cheirinho de comida boa, caseira, tomava conta do ambiente. Um cão simpático, e um capítulo da novela em cartaz em Vale a Pena Ver de Novo, me receberam muito bem (o cadelinha adoro coelho, e ficou rogando pelos ossos, devidamente concedidos pela dona). Pedi uma cerveja, e uma porçãozinha de coelho. Comi com imensa alegria a versão na panela, uma das três que a moça prepara (as outras duas são: assado ao forno e frito, algo meio à passarinho).

- Meu marido, que já faleceu, adorava coelho. Viemos para cá e começamos a fazer. Aqui tem tradição nisso. Muita gente cria e saber cozinhar – me disse a senhorinha, cujo nome anotei, mas não tô achando aqui agora.


Estava delicioso. Carne tenra e delicada, tempero correto e alguma suculência, algo que não se espera de um coelho, já que este simpático bichinho costuma a ter a carne bem ressacada quando não está diluída em algum tipo de molho, como ragú. A conta? Ah ah ah ah ah ah. Dá vontade de rir. Paguei R$ 10,50, incluindo a cerveja. Quem quiser pode levar para casa o coelho (já pronto, ou abatido).
Depois da matéria do Boa Viagem eu também revisitei outros lugares que já conheciam, mas não havia incluído na matéria: a Custela do Manel, que faz carnes na brasa muito boas e baratinhas; a Linguiça do Padre, outro desses deliciosos endereços da Roça, onde comemos tuto à mineira, feijoada e uma linguiça feita ali muito boa; e o Armazém do Portuga, que tem boa comida, boa música ao vivo à noite, e fica agradavelmente instalado em um clube, a Casa de Portugal, em um ambiente, digamos, bastante pitoresco.
Mas acho que o post, que era para juntar os quatro lugares, já ficou longo demais. Então, amanhã, ou durante o fim de semana, eu publico um textinho amarrando os três lugares. Valeu?

E mais:
Terê botequim, parte 1
Terê botequim, parte 3

 

Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.

About these ads

Uma resposta to “A caminho da Roça teresopolitana, um coelho gostoso e baratinho: mais um capítulo da série Terê Botequim”

  1. viramapa Says:

    Que maravilha, quando voltar lá preciso explorar melhor essa região. E olha que passei a infância ali, uma vergonha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.087 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: