Buenos Aires a pé: Puerto Madero

Guindastes e armazéns, marcos da paisagem de Buenos Aires, avistados da varanda do Hotel Madero

Guindastes e armazéns, marcos da paisagem de Buenos Aires, avistados da varanda do Hotel Madero

Desde que, há  cerca de 15 anos, Puerto Madero renasceu com as reformas dos antigos armazéns, a região não pára de sofisticar-se. E parece que não vai sair de moda nunca. Primeiro chegaram os restaurantes, bares, faculdades e escritórios. Em seguida, foram erguidos edifícios de arquitetura moderna, que contrastam com os prédios de tijolinho aparente. Agora, a região – que transformou-se no metro quadrado mais caro de toda a Argentina – ganha um microbairro, idealizado por Alan Faena. O primeiro prédio inaugurado é o hotel que leva o sobrenome do jovem empresário, um antigo armazém reformado pelo arquiteto francês Philippe Starck. Luxo, requinte e sofisticação em cada detalhe marcam o empreendimento, que conta com dois restaurantes, um bar e uma sala de shows intimista que, abertos a não-hóspedes, já caíram nas graças da elite portenha. Entre os pontos altos do hotel, além das instalações suntuosas, destaque para o check-in e o check-out – que podem acontecer a qualquer hora – e o experience manager, espécie de assistente pessoal que funciona como recepcionista, concierge e relações públicas. Coisa fina.
Apurado também  é o ambiente do Cabaña Las Lilas, uma das mais afamadas parrillas (churrascarias à moda argentina) de Buenos Aires. A brincadeira começa com champanhes e pequenas empanadas. Segue por entradinhas como tomates secos, pasta de gorgonzola, vinagrete de lulas e incontáveis pães caseiros. Em seguida, um dos muitos cortes, com destaque para o bife de chorizo e o asado de tira, os mais pedidos. E termina com as sobremesas e petit fours. Uma tentação irresistível. Curioso é saber que o restaurante é de um brasileiro (algo como a melhor feijoada do Rio de Janeiro ser servida em um restaurante de um argentino).
– Quando eles descobrem que o dono é brasileiro, a coisa fica feia – conta, divertindo-se, o brasileiríssimo Matias Medeiros, gerente da casa, importado do Figueira Rubayat, de São Paulo, dos mesmo donos.
O serviço é  primoroso e a carta de vinhos – com precisas descrições de cada garrafa disponível – é uma das maiores da Argentina, apresentando opções dos principais países produtores, mas com destaque maior para os exemplares nativos. No total, são quase 200 vinhos diferentes, com algumas raridades em cartaz.
Puerto Madero acabou se transformando em um dos principais centros gastronômicos da capital argentina. Além do Las Lilas, os armazéns abrigam cozinhas como as do Bice, do Sorrento del Puerto e do Il Gran Caruso, entre outras, todas altamente recomendáveis. Mesmo batendo pernas e analisando em minúcias os cardápios exibidos às portas, fica difícil escolher. 
Mas Puerto Madero não vive só da boa mesa e da sofisticação. Natureza e história também  se manifestam. Além das rugas evidentes nos antigos armazéns, dois navios (a Fragata Sarmiento e a Corveta Uruguay) foram transformados em museus e ficam ancorados nos diques. Ademais, toda a zona além da Avenida Carlos M. Noel é uma reserva ecológica preciosa, que abriga centenas de espécies de pássaros e outros animais característicos das lagoas dos pampas. Perfeito para uma caminhada, piquenique ou simples repouso.

Onde comer
Cabaña Las Lilas – Alicia Moreu de Justo, 516. Tel.: 4313-1336.
Hotel Faena – São dois elegantes restaurantes: El Mercado e El Bitro, ambos abertos a não-hóspedes, como o bar El Living.

Onde ficar:  Hotel Faena – Rapidamente transformou-se no supra-sumo da hotelaria argentina, sinônimo de luxo e sofisticação. Martha Salotti, 445. Tel.: 4010-9000. www.faenahotelanduniverse.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: