Sopa alentejana: o sabor da simplicidade

Ovo, pão, alho, coentro, sal e água: e não é que é bom?

Só ovo, pão, alho, coentro, sal e água: e não é que é bom?

Não que seja um prato que eu tenha caído de amores. É possível que nunca o prove novamente. Mas a sopa alentejana é um exemplo lovável de como se cozinha com pouco.

A sopa emquestão, originária do Alentejo, a região mais pobre de Portugal, é de uma simplicidade impressionante. Leva apenas água, alho, muito alho, como tudo em Portugal, coentro, azeite, pão e sal. Só isso.

Enquanto há ovo é uma deliciosa experiência gastronômica. Só quando ele acaba é que a coisa fica meio monótona, restando só o pão amolecido.

Mas o que conta, no caso, é a extração de sabor de tão poucos ingredientes. E o preço, só 2 euros. E assim se mata a fome baratamente.

Anúncios

2 Respostas to “Sopa alentejana: o sabor da simplicidade”

  1. Ana Says:

    E ela foi degustada por aqui ou na terrinha?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: