Até que enfim: roda de altinho e frescobol com os dias contados

Quem vai à praia no Rio de Janeiro, em Ipanema, especialmente, sabe: mais chato que a sujeira que alguns teimam em deixar na areia, mais ameaçador que os arrastões e  mais perigoso que um mar de ressaca, são as rodas de altinho e as duplas jogando frescobol. Essa é a pior praga das praias cariocas.

Isso tudo, como se sabe, é proibido há tempos, como é proibido levar cachorro para a praia, por exemplo. Mas ninguém cumpre. Quem é que nunca tomou uma bolada?

Pior que tudo é que essa gangue de atletas egoístas escolhe logo o melhor lugar da praia para ficar trocando as suas bolinhas, a beira do mar.

A foda-se o resto.  Quando muito, pedem desculpam quando te atingem. Isso quando não te olham de cara feia quando você não devolve a bola, como se o errado fosse você.

Pois deu n’O Globo hoje. Esse choque de ordem da prefeitura, que trouxe tantas boas medidas, e outras idiotas, como a proibição dos garçons no Bar Urca, promete acabar com isso.

Se Deus e o Eduardo Paes quiserem, no próximo verão quem quiser jogar frescobol e altinha vai ter duas opções: ou se manda para uma praia deserta ou, então, fica lá em cima, com a turma do vôlei.

Porque meia dúzia atrapalhando a praia de milhares, não dá, né?

Anúncios

9 Respostas to “Até que enfim: roda de altinho e frescobol com os dias contados”

  1. Leandro Says:

    Ainda bem, da última vez que resolvi encarar a praia no começo do ano era IMPOSSÍVEL de caminhar principalmente do posto 9 para frente (saí do Arpoador), ou andava no meio da areia escaldante pra lá das barracas ou ia nadando, emendava uma rodinha na outra, espero que desta vez seja para valer.

  2. Léo Says:

    isso porque vcs não tem habilidade no embaixadinha, rsrsrsrsrrs

  3. Léo Says:

    Bruno, entrou de carrinho na minha canela! rsrssr era só e somente só uma piada.

  4. Choque de ordem e de estupidez (querem acabar com os “Baixos Bebês” « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] parabéns a todos. O assunto já foi tratado aqui em duas outras ocasiões: uma em tom de queixa, outra elogiosa. Mas não dá parta entender quererem acabar os os “Baixos Bebês” da cidade. Isso é […]

  5. Bruno Bernardo Says:

    Olá, sou morador de Copacabana a mais de 10 anos e praticante de altinha. Sempre que vou a praia, jogo na beira da água porque jogar na areia fofa, isto é, na área permitida pela GM, é IMPOSSÍVEL devido à sua temperatura. além disso, eu estudo de manhã entre 7:00 e 12:50. Também trabalho a tarde de 16:30 às 00:00. Quando estou de férias na faculdade, ou seja, no verão, costumo frequentar a praia pela parte da manhã e um pouquinho da tarde antes de ir trabalhar, sobretudo durante a semana, quando há um número bem menor de banhistas, e mesmo assim sou proibido de jogar. Portanto eu me pergunto, quando eu poderei jogar altinha?

    Depois de muito refletir sobre um assunto pensei em uma solução para que tantos os praticantes do altinha quanto os banhistas saíssem beneficiados.

    A solução é a seguinte.
    Ao invés de restringir por horário, a restrição poderia se dar por espaço.
    Poderia ser permitido jogar entre os postos 2 – 3 , assim como nos postos 4 – 5.
    Entre os postos 1 – 2 / 3 – 4 / 5 – 6 não seria permitido, por serem os extremos das praias e por abrigarem grande parte dos idosos e crianças.

    Poderia ser pensado algo da mesma forma para a praia de Ipanema – Leblon.

    Tenho muita vontade de expor essa proposta para o prefeito Eduardo Paes.
    O que acham da minha idéia.

  6. JOHMNBWDE Says:

    se o comentario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: