E agora, como posso comer outro bife à milanesa?

 

Vitelo à milanesa do Gero

Olha para isso: casquinha crocante, risoto perfeito e um limãozinho para deixar tudo ainda melhor: loucura, loucura, loucura

 

Este é mais um textinho pinçado lá dos arquivos do Direto do Rio de Janeiro, cada vez mais difíceis de encontrar na internet. É que, aqui no fechamento do Boa Viagem, bateu uma fome danada. E fiquei salivando só de pensar neste bife à milanesa, uma das coisas mais perfeitas que a tradição culinária foi capaz de criar, que no Gero ganha status de divindade gastronômica. Com um risotinho milanês cremoso como este, então, é de fazer chorar. Eu quero, eu quero, eu quero!!!

COMO POSSO COMER OUTRO BIFE À MILANESA – Publicado em 6/9/2008

Fiquei um mês visitando botecos. E ontem, depois de quase 15 dias escrevendo sobre restaurantes, com o trabalho já quase pronto, resolvi me dar um presente: almoçar no Gero. Mais especificamente, a costoleta di vitelo alla milanese (ou seja, costeleta de vitelo à milanesa) . Já faz tempo que estava para provar o prato. Mas em todas as visitas, seja ao Gero, ao Fasano Al Mare ou ao Fasano, em São Paulo, sempre fiquei tentado a pedir, mas acabava escolhendo outros. Afinal, a concorrência é pesada. Às vezes, em bons restaurantes, para quem gosta, escolher o que comer chega a ser um suplício.
Mas ontem eu merecia.
Sou fã de coisas à milanesa, de uma maneira geral. E nunca havia provado uma carne empanada assim tão boa. A casquinha de pão que envolve o vitelo é crocante e leve, muito delicada. A carne, cortada finamente e ainda agarrada ao osso, é macia, com sabor suave. Casa-se perfeitamente com o risoto de açafrão (ou milanês, como preferir), de um amarelo vivo difícil de se alcançar por aí. Sem falar no ponto exato de cozimento dos grãos e na cremosidade que um dia hei de reproduzir em casa. Queijinho ralado na hora por cima e pronto. Para acompanhar, um Château de l’Amarine Cuvée des Bernis 2004, vinho do Sul da França, equilibrado corte de Syrah e Grenache escolhido com maestria pelo sommelier Eduardo Ferreira. Foi uma daquelas refeições emocionantes.
Amei o meu almoço, que ainda teve bruschettas de tomate com manjericão na torradinha de miga e uma tarte tatin com sorvete de baunilha. Sem falar naqueles chips de abobrinha que o mundo adora. Mas voltei para casa com um problema: como é que eu vou comer um bife à milanesa a partir de agora? Me explica?

Anúncios

7 Respostas to “E agora, como posso comer outro bife à milanesa?”

  1. Luca Says:

    E de quanto é a facada, Bruno? Bjs.

  2. Dri Says:

    Hmmmm R$ 70 é só o prato, né? Mais a facada do vinho… De qualquer forma, não posso emitir um “parecer” sobre o assunto até provar! Então mesmo que seja só pra falar que NÃO vale, precisamos conferir!

    Dura vida essa nossa…

  3. Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Gero […]

  4. Restaurantes para uma refeição inesquecível no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] o assunto é refeição incrível no Rio, impossível passar batido pelo clã Fasano. Tanto o Gero quanto o Al Mare são absolutamente infalíveis. No almoço executivo, com menu a R$ 70 mais ou […]

  5. Sugestões afetivas de restaurantes para o Dia dos Pais « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] nesta categoria tradicional. Não me animaria a ir ao Fasano al Mare no próximo domingo, mas ao Gero, sim, com certeza. Também são nomes altamente recomendáveis o Da Brambini e o D’Amici, ambos […]

  6. Rafael Pires Says:

    Um belo bife alla milanesa, so que dessa vez. Faca um pire de palmito popunha nas ervas com mechamel aromatizado com cubos de damasco. Eu ja comi! Rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: