Satyricon: beleza de pescado

Gran Piatto di Mare: ovas, polvo e marisco à vinagrete, atum com cebola, camarão à escabeche, sardinha marinada e outras variações frias. Perfeito para o verão

Um dos melhores lugares para se comer no Rio de Janeiro durante o verão, e falo de cidade e estado, é no Satyricon. O restaurante, com matriz em Búzios e filial em Ipanema, é o melhor lugar em terras fluminenses, quiçá brasileiras, para peixes e frutos do mar. Seu pargo ao sal grosso é um sublime exemplar de o que importa, neste assunto, é o frescor dos pescados, e quanto menos se interfira no seu preparo, melhor. Em Búzios cabe lembrar que no inverno a coisa fica ainda melhor. Porque a cidade está mais vazia e menos quente e, não só isso, o sol se põe no mar em frente à agradável varanda do restaurante, varanda esta que, suponho, seja a mais agradável do Brasil. Outro clássico da casa é o Gran Piatto di Mare, uma bandeja estofada de gelo com algumas conchas por cima. Nessas conchas estão várias pequenas porções de frutos do mar e peixes, em preparações frias. Uma espécie de alucinação de tapas, com bicadinhas incríveis. Tem ovas, vinagrete de polvo e de mariscos, ostras, carpaccio de peixe branca (o do dia, claro), bacalhau no azeite, escabeche de camarão, sardinha marinada, atum em conserva com cebola e, eventualmente, até ovas de ouriço. Uma perfeita sinfonia marinha, uma valsa de pescados. Perfeito como entrada para dois. E é capaz de a brincadeira terminar ali mesmo, com o casal procurando por uma cama. Ainda mais se um champanhe acompanhar a dança Neste setor de frios, os tartare também fazem a cabeça. E há ainda um carpaccio de lagosta viva, algo que ainda não vi, nem provei, mas deve ser tão bom quanto estranho. Quando quero algo quente, vou sem pensar nos calamari friti, ou seja, lulas fritas, à maneira de Roma, para serem respingadas com gotas de limão. Uma coisa, passaporte para a Fontana di Trevi (sem turistas). Os camarões também vão muito bem desta forma. Também vão bem as combinações de peixes, moluscos e crustáceos grelhados. Faça a sua. Camarão com cherne, lagosta e lagostim, badejo e lula, polvo e vieiras… Para acompanhar é gostoso o arroz de limão, com tomatinho cortado por cima. Mas fico pensando por que raios eles não usam arroz e italiano. O prato é tão bom de sabor, ganharia tanto com um bom arbório… Pena. Sobremesa. Nem peço, nem saberia recomendar…

Anúncios

7 Respostas to “Satyricon: beleza de pescado”

  1. Caio Says:

    Bruno, como vc sou apaixonado pelo Rio e conheco muito a zona sul, passo o verao ai de 15 de dez ate final de jan. Sempre quis ir ao Satyricon, mas confesso que tenho resistencia devido ao passado dele com aquelas coisas que ocorreram. Mas vc me deu seguranca em ir nessa proxima estada no Rio.
    A proposito vc conhece a Escola de Pao? Adoro o cafe da manha de la.
    Abs

    • Bruno Agostini Says:

      Pois é, carlos. Como um louco por comida, perco a moral e as noções de ética por um bom prato…
      A Escola do Pão é sensacional. Nos fins de semana, serve o melhor café da cidade, na minha opinião.
      Vale muito a pena gastar uns R$ 100 por casal para começar o dia lá.

  2. Ricardo Says:

    Um dos melhores não sei, mas um dos mais caros, com certeza!

    • Bruno Agostini Says:

      Olá, Ricardo. Pois, sobre a qualidade, trata-se de uma opinião. Já os preços, são uma realidade mesmo. De fato, é caro. Mas aquela varanda de Búzios vale, demais, o investimento. Abraços

  3. Caio Says:

    Oi Bruno, vou fazer como vc então vou perder a moral hehhehe. Eu sempre alugava um apto ao lado dele, o torre do Barão.

    Nessa minha estada ai no Rio esse verão eu quero provar todos os brunchs da cidade aos domingos, Intercontinental, Marriott, Sofitel, Copa etc.

    Alguma dica?

    Depois te passo minhas impressões pois pelo que leio aqui temos o mesmo gosto.
    Abs

  4. Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Satyricon […]

  5. Sugestões afetivas de restaurantes para o Dia dos Pais « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] acho que o Dia dos Pais é ótima oportunidade de degustar coletivamente o grand piatto di mare, no Satyricon, seguindo de camarões e lagostas grelhados, ou bom pargo al sal grosso. Também acho que vale […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: