Ricardo Freire: bell boy no Hilton de Orlando?

"Será que fui adotado?", pergunta o Tom Mantas, que seria um gêmeo do querido Ric. Eu é que não duvido disso

Assim que cheguei no Hilton de Orlando, vi uma figura conhecida. Uniformizado, era um dos bell boys do hotel. Imaginei: “O Ric deve estar fazendo uma matéria, como escreveu certa vez o Rafael Lessa, sobre como é ser um bell boy de hotel. Acho até que era no Hilton também, mas no caso, de São Paulo. Fui lá falar com ele. Mas, que nada, era alarme falso. O rapaz se chama Tom Mantas e é um pouquinho maior que o nosso amigo.

Se eu fosse o Ancelmo Gois, escreveria “Separados ao nascer”.

Veja se eles não são absolutamente iguais.

Contei a história ao Tom, pedi pra tirar uma foto, explicando que ele era igual a um amigo meu. Disse a ele o nome e falei que era só colocar “Ricardo Freire” no Google que ele veria.

Logo que voltei, ele mandou, depois de ter encontrado uma foto do Ric na internet: “Será que eu fui adotado?”

Anúncios

4 Respostas to “Ricardo Freire: bell boy no Hilton de Orlando?”

  1. Chris Pessoa Says:

    Hehehe. Parece muito mesmo! :-))

  2. Malu Says:

    Bruno, que demais! É igualzinho mesmo. Sabe que todos temos alguém muito semelhante a nós nesse mundo? Eu até conheci a minha sósia e era impressionante.

  3. Oldemar Demetrius Says:

    Univitelinos!!!

  4. Chris Says:

    Such a Hottie! “He is a bit larger than our friend”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: