No balanço do verão

A praia de Ipanema no desfile do Simpatia é Quase Amor no domingo de carnaval

O verão mais quente do Rio de Janeiro começou bem, com o Flamengo conquistando o sexto título brasileiro e colorindo o país de rubro-negro. Lindo!
E terminou mal, com o infeliz do Ibsen Pinheiro, este anão da política nacional, tentando roubar na mão grande a grana do estado do Rio de Janeiro. A exemplo do Inter, que não conseguiu superar o Mengão, o deputado gaúcho também não vai conseguir o que quer, que é foder o Rio e bagunçar o coreto.
Foi um verão estranho este. Chuvas infernais na virada do ano mataram dezenas de pessoas. Então, depois do aguaceiro, tivemos um janeiro nunca antes visto: sem chuva e com mar quente, o que resultou no modismo mais legal do verão: os banhos de mar à noite – assim, o Arpoador virou o ponto de encontro da galera.
O choque de ordem fez um bem danado a Ipanema – e agora vai começar a fazer também a Copacabana. Apesar de alguns sem educação que insistem em burlar a lei, a proibição do altinho foi uma bola dentro da prefeitura. Mas impedir o Uruguaio de fazer suas carnes foi uma bola fora, tal a proibição do queijo de coalho na areia.
Já que falamos de gastronomia, este verão lançou uma tendência e confirmou outras duas. Com a abertura da Prima Bruschetteria o Leblon ganhou mais um casa dedicada a certa especialidade, no caso as fatias de pão com várias coberturas. A casa tá bombando, lotada todos os dias.
As iogurterias, lançadas no verão de 2008, e a kebaberias, sensação do verão de 2009, consolidaram a sua posição. As primeiras tomaram a cidade, de maneira que só em Ipanema já devemos ter umas dez. E as kebaberias, que foram chegando a partir do começo do ano passado, no fim de 2009 ganharam sua melhor representante na cidade, a Yalla, na Dias Ferreira, no Leblon.
E o carnaval?
Bem, o Rio virou o destino da vez na folia de Momo, arrancando de Salvador o título e, de quebra, lascou de Recife a condição de ser a cidade com o maior bloco de carnaval do Mundo. Hoje, o Cordão do Bola Preta é maior que o Galo da Madrugada.
Faltam muitos banheiros químicos, as a caça aos mijões teve um resultado positivo. A perseguida organização dos desfiles dos blocos é que não me agrada tanto. Deveria haver interesse no desenvolvimento de pequenos blocos de bairro e os grandões, se não o tiverem identidade regional, devem ser mandados para o Centro, como aconteceu com o Monobloco e deveria acontecer com o Afroreggae. Dando um exemplo: o Suvaco de Cristo tem identidade com o Jardim Botânico, como os Barbas têm como Botafogo e o Simpatia com Ipanema, mas o Afroreggae não tem com lugar algum (talvez com Vigário Geral), nem o Monobloco.

Pesando prós e contras, foi um bom verão. Até porque, uma estação que começa com o Mengão levantando a taça do Campeonato Brasileiro, só pode ser mesmo inesquecível. Um sonho para os flamenguistas, e um pesadelo para todos os outros, essa tal torcida do arco-íris, que reúne todos os outros clubes. Do Rio, do Brasil e do mundo. Porque o Flamengo é o maior.

3 Respostas to “No balanço do verão”

  1. Luca Says:

    Pois é, já tá me dando a maior saudade do verão. Ainda bem que tem restaurante week e comida di buteco no outono, como consolo.

  2. HR Says:

    “Hoje, o Cordão do Bola Preta é maior que o Galo da Madrugada”.

    A cada ano, o Galo da Madrugada quebra o seu próprio recorde… atualmente, o Galo leva mais de 2 milhões de foliões às ruas do sábado de carnaval – número quase igual a todos os blocos de Salvador (2,5 milhões), juntos.

    Cordão do Bola Preta, levou 500 mil pessoas às ruas em 2008, 800 mil em 2009 e em 2010, foram cerca de 1 milhão de foliões.

    O Galo ainda tá longe: é preciso dois Cordões do Bola Preta para dar um Galo da Madrugada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: