Pensamentos de viagem

Tem que ser macho pra beber o rum Mount Gay

A viagem a Barbados foi bem divertida e produtiva. Rendeu belas fotos, provei bons runs, fiz ótimas refeições e lindos passeios (nunca vou me esquecer da visita à Harrison’s Cave, do mergulho com as tartarugas e da partida de críquete entre Afeganistão e África do Sul, que assisti de camarote. Sem falar no mahi-mahi, que peixe bom).

E cheguei a algumas conclusões curiosas:
– É preciso ser muito macho para beber o rum Mount Gay.
– Os runs são muito bons.
– Mais de 90% dos homens de Barbados usam barba… ou bigode.
– Há grilos como em nenhum outro lugar que já visitei. E eles cantam muito bem, como um afinado coral. Deve ser por isso que os locais adoram o críquete.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: