Um gostoso almoço dominical na Pousada Alcobaça

O salão cercado de verde é muito agradável, com jeitinho de fazenda

Faz tempo, bastante tempo, que queria visitar a pousada Alcobaça. De preferência, numa tarde de domingo invernal, daquelas frescas e ensolaradas.

No último domingo consegui fazer tudo isso. Só não consegui comer o famoso lombinho de porco… Quer dizer, pelo menos não consegui pedir o prato, mas deu para provar e perceber que a casa merece uma nova visita dominical.

Chegamos lá pelas 15h30 mais ou menos. Quando informamos ao porteiro que iríamos ao restaurante, ele perguntou se tínhamos reserva. Diante da negativa, balançou a cabeça e disse algo como “sem reserva acho que vocês não vão conseguir, mas podem ir lá tentar, o restaurante é por ali”.

O restaurante da pousada funciona num casarão lindo, com varandinhas e salões graciosos, com plantas bem cuidadas, horta e outros ornamentos de fazenda muito charmosos. A cozinha, vista só de rabo de olho, me parece das mais lindas do Brasil, sem exagero.

Ao pedir uma mesa vimos que os funcionários seguem quase que um script para levantar mistério sobre a importância de se fazer uma reserva.

“Vocês têm reserva?”

“Ih, então não sei se vai dar”.

Mesmo havendo mesas vazias no salão, e com a maior delas já pagando a conta, levou uns três minutos até nos acomodarem. Na próxima vez, vocês me convenceram, vou fazer a reserva, tá?

Pegamos o cardápio de poucos pratos, o que é um bom sinal. E o garçom sugeriu o lombinho, especialidade famosa da casa.

Como pressa era o que não havia, ficamos enrolando para pedir.

Para começo de conversa, pedimos um tinto português parrudão e barato. E depois de uns pães gostosos com manteiga da boa, pedimos umas entradinhas.

Empadinha de palmito, de massa leve e recheio saboroso

Primeiro uma empadinha de palmito, de massa leve e recheio gostoso (mas ainda prefiro as da Pão Pão, apesar do catupiry).

Ao escolhermos o patê de fígado, o garçom foi incisivo:

“Xi, é muito, vou trazer uma pastinha de truta, tá?”.

“Não, quero o patê mesmo”, pedi, achando engraçada a sugestão intrometida, mas até simpática,  do garçom.

Agora o foco no patê de fígado, bela pedida para começar

Depois da frase do rapaz, imaginei que viesse um pratão. Mas não, era uma porção comum de patê, delicioso por sinal, cremoso, untuoso e cercado de acompanhamentos tão adequados quanto bem preparados.

Foi quando decidimos pedir o lombinho.

“Ih, acabamos de pedir os dois últimos”.

Fiquei arrasado.

Aí, resolvi tentar a sorte.

“Pô, vê se tem um fundinho de panela lá, só para eu provar”.

Logo voltou o garçom, com uma travessa com um pedaço de lombinho e a farofinha genial, tudo isso junto de um molho espesso delicioso.

Tá bem, concordo contigo: o coelho não é bonito, não, mas garanto que tava uma delícia

Então, escolhi o coelho no vinho tinto, que foi servido com feijão, farofa e batatinhas.

Ai, que prazer.

Pudim de leite: gostosa simplicidade em calda de camarelo

Fechamos com uma agradável combinação entre café e pudim de leite (leite mesmo, não condensado).

E ainda bem que eu estava de carona na hora de descer a serra…

Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

3 Respostas to “Um gostoso almoço dominical na Pousada Alcobaça”

  1. Índice de posts de cidades no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] – Pousadas de Petrópolis: Parador Santarém Marina – Pousadas de Petrópolis: um gostoso almoço dominical na Alcobaça – Parada estratégica a caminho do Vale das Videiras – Fazenda das […]

  2. Sheila Nascimento Says:

    Desejo a informação do valor do pacote de 13 a 15 de Novembro com almoço e se oferecer almoço e jantar.

  3. A incrível cozinha do Parador Lumiar, e outras quatro pousadas no interior do Rio com ótimos restaurantes - Viagem com Farofa Says:

    […] – Pousada da Alcobaça: É um dos restaurantes para aconchegantes e reconfortantes do Rio de Janeiro, em Petrópolis. A cozinha é a mais linda que já pude ver: peça para dar uma espiada. A cozinha tem um que de Sítio do Pica-Pau Amarelo, com carne assada e empadinhas. O cozido, servido uma vez por mês, é um acontecimento. Méritos de Dona Laura Góes, no comando de tudo, verdadeiro patrimônio da gastronomia brasileira. www.pousadadaalcobaca.com.br Deixo aqui um post sobre um almoço dominical na Pousada da Alcobaça. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: