Duetto: delicioso e lindo restaurante em Petrópolis

Do lado de fora, paredes de madeira graciosamente pintadas

O restaurante Il Perugino, em Itaipava, é um dos melhores da região serrana, e justifica, com louvor, a estrela concedida pelo Guia Quatro Rodas. A casa serve uma cozinha italiana clássica, sem frescuras, muito bem executada. Massas, risotos e uma boa seleção de pratos de carne montam um cardápio bem interesante, com preços justos e que está sempre mudando. A carta de vinhos é muito bem montada, com uma boa seleção de rótulos, a exemplo dos pratos, não muito caros como se vê por aí.
Depois de algum tempo eles abriraram ali uma pizzaria, que mantém o bom nível da cozinha. O serviço também é ótimo, com garçons bem treinados que conhecem os pratos e sabem indicar e servir os vinhos.
Tudo bem, é verdade que o que mais importa em um restaurante é a comida. Se os preços forem honestos, então, bem melhor. Assim, o Il Perugino é uma das melhores sugestões para uma refeição na serra? Mais ou menos. Porque, vou te contar uma coisa, o ambiente não tem qualquer charme, parece um restaurante a quilo do Centro do Rio, estéril, marmorizado. Acho até que para um almoço em família a casa ainda cai muito bem. Mas nunca ia sugerir o Il Perugino para um jantar romântico de um casal. Não mesmo. 
Mas eis que recebi uma ótima notícia: não faz muito tempo o dono e chef do Il Perugino, Sormany de Avelar Justen, abriu com um sócio um novo restaurante, o Duetto, instalado numa linda casinha dentro do condomínio Quinta do Lago. Estava há uns três meses tentando visitar a casa. Finalmente ontem eu consegui. O lugar é lindo, muito agradável.

As salinhas são decoradas com muitas flores: que lugar agradável

São duas salinhas, cada uma com quatro ou cinco mesas, e mais uma varanda, com mais umas cinco mesinhas. Há muitas flores espalhadas, e amplas áreas envidraçadas, num ambiente para lá de charmoso. Do lado de fora as paredes de madeira são pintadas com muita graça. No bar o funcionário distraiu com muita simpatia a Maria, ensianando a menina a fazer café na máquina de espresso, com espuminhas e afins, e chás. A menina adorou.

Shitake com mel, figo em calda, brie e redução de aceto balsâmico: simples, bem feito e muito gostoso

Enquanto isso eu trecei feliz o meu pedido: uma deliciosa combinação de shitake grelhado levemente lambuzado com mel coberto com rodelinhas de figo em calda e brie. Tudo então é levado ao forno para gratinar até que, na hora de ir para a mesa o prato recebe um banho de redução de balsãmico. Tudo muito simples, fácil de repetir em casa, e delicioso, uma entradinha rápida e certeira.
Mas voltemos ao ambiente. A varanda, de cara para a floresta, recebe regularmente a visita de micos, e os passarinhos vivem a cantar, embalando deliciosamente o programa.
O cardápio segue a linha do Il Perugino, baseada em massas, risotos e carnes, sempre com pratos não oficiais (no fim de semana tinha lasanha vegetariana, e também um ravióli caseiro, cujo recheio me esqueci.
O serviço também é simpático, sorridente e atencioso, como o do Il Perugino.
No fim, assuntei com o dono que ocupava o caixa, Giovanni Canepa, sobre a sociedade.
“Agora o Sormany é só consultor. Nós desfizemos a sociedade, mas ele segue orientando a equipe. Foi tudo na paz, amigavelmente”, me disse.
Ao que parece, está tudo bem mesmo. Além de a comida ser tão boa como a do Il Perugino, o ambiente é muito agradável, romântico, aconchegante, no meio da natureza, com bichinhos aparecendo, barulho de rio, essas coisas todas tão deliciosas.
Adorei. E recomendo com firmeza o Duetto. Para casais e famílias, de dia ou de noite.
Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.
Anúncios

3 Respostas to “Duetto: delicioso e lindo restaurante em Petrópolis”

  1. Índice de posts de cidades no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Petrópolis: – Pousadas de Petrópolis: Parador Santarém Marina – Pousadas de Petrópolis: um gostoso almoço dominical na Alcobaça – Pousadas de Petrópolis: um dia na Locanda della Mimosa (mais Locanda clique aqui) -Parada estratégica a caminho do Vale das Videiras – Fazenda das Videiras – Duetto: delicioso e lindo restaurante […]

  2. Maria Fernanda Gonçalves Mól Says:

    Acho que conseguí localizar o meu grande amigo Sormany.
    Sou de Itabirito/MG. e, nos conhecemos aquí mesmo nesta cidade.
    Você veio aquí com os canarinhos de Pétrópolis ficando na casa da dona Maria José que coordenava os Canarinhos de Itabirito.
    Como a cidade é(era) muito pequena e eu,sendo amiga da filha desta coordenadora, tive a oportunidade de conhecer o Sormany.
    Este, anteriormente se comunicava muito comigo e, depois, não entendí o porquê se distanciou.
    A amizade era muito boa e, por isto também, faz muita falta.

    Gostaria de saber notícias suas, de sua família (filhas e espôsa) e, espero que não suma mais.
    Um grande abraço em todos.

    Fernanda

  3. PAULO CESAR Says:

    TIVI A CHANCE DE PODER VISITAR O RESTAURANTE,E ADOREI A COMIDA.MUITO BOA MESMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: