Boipeba, muito prazer, me chamo Bruno

Praia de Itapoã vista da janela de um monomotor com cinco lugares

 

Estou quase seguro de que a primeira vez em que ouvi falar da Ilha de Boipeba foi logo após o carnaval de 1997, quando deixei Salvador para voltar ao rio no Uno Mille guerreiro, cor de vinho e sem ar-condicionado, que tantas vezes me levou à Bahia.

Na volta para casa paramos em Valença, onde deixamos o carro e pegamos um barco para passarmos uns dias em Morro de São Paulo, que então era um destino badalado – ainda não era tão ruim como hoje, mas também já não tinha mais os encantos de antes, já estava em franca decadência, com uma urbanização desordenada, muito lixo, esgoto a céu aberto. Não curti Morro de São Paulo, ainda que tivesse passado bons momentos na ilha, principalmente na Quarta Praia e na área do antigo forte.

Mas desde esse tempo sou louco para conhecer a vizinha Ilha de Boipeba, que já naquele tempo era anunciada como um paraíso intocado, com praias maravilhosas e um clima abem pacato, ainda uma vila de pescadores. Quando eu me dizia meio decepcionado com Morro de São Paulo, todos me diziam.

– Tens que visitar Boipeba, tens que visitar Boipeba.

Pois é chegada a hora. De lá para cá Boipeba ficou famosa, mas já deu para perceber que nem por isso perdeu o seu encanto, a sua magia, nem tampouco sofreu com o turismo indiscriminado.

Acabo de chegar aqui, quase 14 anos depois de ter ouvido falar pela primeira vez desse lugar. A impressão que tenho é que pouca coisa mudou, senão por Boipeba ter ganho boas pousadas, como a das Mangabeiras, onde estou hospedado, e até restaurantes, como o Chez Iris & Igor, realmente a casa desse casal, que recebe os clientes na sala – e ambos cuidam da comida e do serviço.

Cheguei de maneira um tanto improvável, de avião – sim, há linhas regulares a partir de Salvador, em pequenos aviões para apenas quatro passageiros. Menos de uma hora de voo, lindo visual, viajando baixinho, curtindo a paisagem que vai ficando mais linda conforme o destino final de aproxima. Como Boipeba é linda do alto. Não só pela economia de tempo e conforto, mas pelo visual, vale demais a pena cacifar uma passagem aérea.
O serviço de bordo é como o da Gol, ou seja: nada…

Mas voltemos à terra. Em Boipeba come-se bem. No cardápio tradicional, muitas lagostas, como a preparada pelo Seu Guido, na linda praia da Cueira. E moquecas, é claro. Afinal, estamos na Bahia – só alegria!

Mal cheguei e já deu para perceber que Boipeba é sem dúvida um dos lugares mais lindos do litoral brasileiro, com mata intocada e praias quase virgens, com mangues vivos e um clima agradável, tipicamente baiano. Só o fato de não haver carro…
É um dos lugares mais bonitos que já vi.

Também é fácil notar que, para se feliz aqui, basta um short e um chinelo. E máscara de mergulho.

Enfim, como nem tudo é perfeito, o tempo não está ajudando: nuvens feias e chatas ocupam todo o céu. Mas de vez em quando até entra um solzinho.

Cadê a carrocinha com o picolé de mangaba, fruta que adoro?

Hoje quero uma lagosta. Acho que amanhã também. Quero ostras e comarões, peixe fresco, sururu. Será que encontro um bom vinho branco?

No mais: será que hoje tem forró?

Anúncios

4 Respostas to “Boipeba, muito prazer, me chamo Bruno”

  1. aline Says:

    Passando mal de inveja, como há MUITO tempo não passo. Pronto: entrou para a listinha de urgências urgentes de 2011. Primeiro semestre, se possível. Mês que vem, se possível.

  2. manuel Saporiti Says:

    Muito Prazer, me chamo Manuel
    adorei seu relato, tanto que o publiquei em nossa pagina da ilha de Boipeba no facebook,
    http://www.facebook.com/pages/Ilha-de-Boipeba/369858366625
    espero que goste
    obrigado
    Manuel

  3. Boipeba Says:

    Amo, Ilha de boipeba…

  4. Estela Says:

    Olá Bruno! Bem que eu e Giuliano falamos, assim que descemos do monomotor, que você iria se apaixonar por Boipeba. Você voltaria? Pois nós estamos voltando, e esperamos sua visita! Parabéns pela matéria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: