O Quiosque, em Petrópolis: bonito, gostoso e posicionado estrategicamente para um almoço antes de descer para o Rio

A varandinha para blá de simpática, com vista para a mata e um laguinho com patos

Esse post, escrito entre vôos, é curtinho, e nem precisa ser grande. É só uma diquinha ligeira: quer um lugar muito agradável, com comida bem gostosa, e preparada com simplicidade, em Petrópolis?

Pois dê uma passadinha n’O Quiosque, no Rocio, lugar que, aliás, tem dois outros bons restaurantes, o Funghi d’Oro, especializado em cogumelos, que funciona numa propriedade que produz os próprios, e as Trutas do Rocio, que não deixa dúvida quanto à sua especialidade, e também funciona num sítio dedicado à produção do seu ingrediente principal. O Rocio, a propósito, está estratégicamente posicionado para ser uma ótima opção de almoço antes de descer para o Rio: está na boca da serra (eu já tinha feito o mesmo com o Funghi d’Oro e com as Trutas do Rocio, só faltava O Quiosque).

Mas esses, na verdade, são velhos conhecidos, e podem ser assunto para outros posts. Hoje o tema é O Quiosque, que eu jpá tinha tentado visitar umas duas vezes, mas nunca tinha achado a casa, que fica meio escondidinha.

É, como diz o nome, uma quiosque, com parte das paredes envidraçadas, uma graça, como dá para logo perceber enquanto paramos o carro. Mas isso não justificaria a fama de lugar muito agradável que o restaurante tem. Mas bastou entrar na casa e ver a varandinha, com umas quatro mesinhas e uma vista deliciosa para uma pequeno lago com patos e a floresta. Amei.

O cardápio tem pratos interessantes. Pedi uma pastinha de truta. Ficaria por ali mesmo, porque tinha me esquecido de sacar dinheiro, a a casa não trabalha com cartões. Revelei isso à dona, que permitiu que eu fizesse um depósito no dia seguinte. Então lá fui eu.

Mas voltemos à pastinha. A truta era de ótima qualidade, defumada. Estava bom, sim. Mas ficaria muito melhor, a meu ver, se no lugar da maionese fosse usado creme de leite fresco e, em vez de salsinha, fosse colocada cebolinha francesa. Mas ia ficar muito, muito melhor, não tenho dúvidas.

Enfim…

Como prato principal, pedi uma língua de boi, imersa em molho espesso e saboroso, escoltada por purê de baroa. Estava, numa boa, sensacional.

Fui embora prometendo voltar.

Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

2 Respostas to “O Quiosque, em Petrópolis: bonito, gostoso e posicionado estrategicamente para um almoço antes de descer para o Rio”

  1. Índice de posts de cidades no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Petrópolis: – Pousadas de Petrópolis: Parador Santarém Marina – Pousadas de Petrópolis: um gostoso almoço dominical na Alcobaça – Pousadas de Petrópolis: um dia na Locanda della Mimosa (mais Locanda clique aqui) -Parada estratégica a caminho do Vale das Videiras – Fazenda das Videiras – Duetto: delicioso e lindo restaurante  – A caravana rumo ao Parador Valência: quem me acompanha? – Um dia na Locanda della Mimosa (e mais um: Aproveite que o Danio ainda está por lá) – Vamos subir a serra? Uma seleção de programas deliciosos em Petrópolis – O Quiosque: bonito, gostoso e posicionado estrategicamente para um almoço antes de descer a serra […]

  2. Marcos carneiro Says:

    Simplesmente o melhor restaurante da região e, quiçá, um dos melhores do Estado,. A fidalguia da Sra Amélia, sua presteza , educação e forma clara e simples como aborda as suas iguarias, é cativante.Todo lá é bom: local, ambiente,frequentadores.Uma raridade a preços bastante honestos.Marcos Carneiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: