Um bar chamado Urca

Quer coisa mais carioca do que isso? Cerveja no copo Cisper, empadas, um sol bonito, gente sem camisa...

A Urca é um bairro delicioso por muitas razões, e parte disso se deve a um bar que leva o seu nome. As pessoas comendo, bebendo, batendo papo, namorando e fazendo outras coisas gostosas dispostas na mureta logo defronte, do outro lado da rua, é algo extraordinário, que traduz como poucos hábitos o que é ser carioca. Quer entender bem o que é essa cidade¿ Senta-se na mureta, logo após de comprar uma cerveja gelada no balcão da esquina. Mira a paisagem. Reflete. Veja como é lindo. Se for num fim de tarde outonal, e mesmo no inverno, a chance do momento ser ainda mais mágico é ainda muito maior. Há luzes maravilhosas, e ver a cidade acender as lâmpadas daquele ponto nos deixa tonto de tanta beleza. Sem falar que, nesta época, o sol morre mais perto do Corcovado daquele ângulo, visto  da Urca, como na foto de alto de capa deste blog (no caso, a foto foi feita do Morro da Urca).

A vista da mureta voltada à Baía de Guanabara é linda para onde se olhe. Temos a Fortaleza de São João, à direita, a Ponte Rio-Niterói, depois o Aterro do Flamengo até parte de Botafogo. Realmente é um panorama único.

Mas vamos ao ritual.

Depois de se perguntar se merece mesmo estar com aquele copinho Cisper com dose tímida de colarinho, a melhor maneira de consumir essa cerveja assim, cariocamente falando, dê uma abocanhanda no bolinho de bacalhau, ou na empada de camarão, pode ser num pastel. Tempere com a pimenta da casa, e também com o azeite. São fundamentais.

Numa hora dessas a gente vê que a vida é bela no Rio de Janeiro. E também gostosa.

O Bar Urca tem outras virtudes. A começar por ser também um bom restaurante, logo no andar de cima. É um salão refrigerado, que alguns preferem, e isso é aceitável desde que seja escolhida uma mesa junto à janela, onde também disfrutamos da mesma linda vista, ainda que não em toda a sua plenitude, porque o ângulo nem é tão bom, e ainda há árvores a esconder o mar e a cidade.

Em compensação, é só lá mesmo que podemos comer as especialidades da casa. É clara a orientação ibérica tão comum em tantas outras casas tradicionais do Rio de Janeiro, como é o próprio Bar Urca, que tem o cardápio clássico de lugares assim.

As boas pedidas são as receitas com bacalhau, polvo, lula, camarão, mariscos, e mesmo eles mesmos todos reunidos.  Tem cozido à portuguesa, óbvio.

Já escrevi aqui sobre o Bar Urca. Na verdade, não exatamente sobre ele, mas a respeito da inacreditável e idiota proibição, pela prefeitura, dos garçons atravessarem a rua para servir os clientes. Quem quiser que vá lá pegar.

Acontece que é uma rua pequena, quase sem movimento que justificasse essa medida. É pura tolice.

Esse serviço especialíssimo era parte do charme do lugar.

Imagine só você sentado ali, na mureta de pedra, comos pés balançando sobre o mar, receber um petisco bem preparado com uma cerveja gelada. Poucas coisas eram tão cariocas como isso. A exigência de irmos até o caixa tira parte da graça, é como uma agressão aos frequentadores e até aos garçons, que na verdade perderam a função e a gorjeta, e já não dão expediente ali levando atravessando a rua com bandejas gostosas. Além de tola, a decisão burocrata também afeta a geração de emprego.

É um absurdo.

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

3 Respostas to “Um bar chamado Urca”

  1. Cris Beltrão Says:

    é ridículo mesmo. Fui num restaurante em Creta (besta, não), em que o grande lance não era ficar no restaurante em si, e sim ficar diante do lago, vendo os peixinhos. Os garçons então, atravessavam uma rua driblando carros e motocicletas com aquelas bandejas na mão só pra entregar bebidas e comidas aos clientes lá do outro lado. Todo mundo ficava feliz, os carros xingavam os garçons, os garçons xingavam os carros, mas fato é que é um dos pontos mais badalados da ilha! Tá lá no blog, sob o título “Teste de Urbanóide”.

  2. Guilherme Lopes Says:

    Opa!

    Tomar uma cervejinha nesse copo é bom demais.

    Aqui em BH, o nome do copo é LAGOINHA!

    Outros chamam pelo nome de americano…

    ; )

  3. Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Bar Urca […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: