Casa do Alemão x Pavelka: meu veredito final

O croquete gordurento da Pavelka: como comparar isso aí com o clássico da Casa do Alemão?

 
Cariocas, de uma maneira geral, preferem Petrópolis a Teresópolis por várias razões. A proximidade maior, os fatores históricos e culturais e, principalmente, a coleção impressionante de ótimos hotéis, pousadas e restaurantes. Mas eu, que muitas vezes sou mesmo meio do contra, prefiro Teresópolis, mas não por essa característica psicológica particular: eu visito a cidade desde criança, desde que me entendo por gente. Na infância eu subia a serra nas férias, feriados e muitos fins de semana e depois, na adolescência, cheguei a morar lá. E até hoje vou sempre que posso, entre outras razões porque moram lá a minha filha e o meu melhor amigo.
Toda essa embromação é para dizer que a Casa do Alemão sempre foi a minha parada na estrada. Entre as primeiras recordações que tenho da vida estão os croquetes de lá. Não tinha a concorrência da Pavelka, que só tinha loja no alto da serra de Petrópolis, de maneira que tenho uma forte ligação afetiva com a primeira, e nenhuma com a segunda, que só fui conhecer depois de adulto.
Pode ser por causa disso que eu prefira, de longe, a Casa do Alemão à Pavelka. Para mim, em termos de croquete e de sanduíche de linguiça, os dois carros-chefes dos dois lugares, não dá nem para comparar. O Alemão dá de mil. É como comparar Messi com Felipe Mello, Champanhe com Sidra Cereser.   
Por esses dias, aproveitando uma visita ao Leblon, fui até a Pavelka, para provar o croquete de carne e o sanduíche de linguiça. Queria esclarecer para mim mesmo se alguns amigos, que numa enquente informal no Facebook disseram preferir, de longe a Pavelka, estavam certos. Nesta enquete, a Casa do Alemão perdeu de lavada, o que me fez acreditar que, de fato, eu estava certo.
🙂
O croquete da Pavelka não é ruim, é até bom. Mas é como tantos outros, uma massa de carne bem temperada e triturada, meio seca, envolta numa casquinha à milanesa mais gordurosa do que devia (a foto não me deixa mentir). Enquanto isso, no Alemão, o recheio é um creme adorável, com tempero perfeito, levemente apimentado, protegido por um empanado leve e crocante – e bem mais sequinho. Também acho as mostardas melhores.
Sobre o sanduíche de linguiça, outra lavada, segundo os meus parâmetros. No Alemão o embutido é suculento e com tempero agradável de pimenta, do tipo que até as crianças gostam muito. É uma linguiça fresca, feita com boa proporção de carne-gordura. Já na Pavelka, a linguicinha fina é defumada, o que lhe dá um sabor muito forte, mas isso nem é o pior: fica seco, sem graça.Tendo a achar que o pão de leite da Pavelka seja melhor, mas não estou certo. O mesmo vale para as salsichas e salsichões, tanto os brancos quanto os vermelhos, mas depois da última visita ao Alemão e à Pavelka, tô achando que até nisso, sou fiel à casa da minha infância. E ainda tem o eisbein, o kassler, o chocolate com amendoim…
 E, para encerrar, também acho a loja do Leblon da Casa do Alemão muito mais bonita e simpática do que a da Pavelka.
 
 Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro: clique aqui.
 Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui. 
Anúncios

11 Respostas to “Casa do Alemão x Pavelka: meu veredito final”

  1. Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Casa do Alemão x Pavelka: quem é melhor? […]

  2. Índice de posts de cidades no Rio de Janeiro « Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Petrópolis: – Pousadas de Petrópolis: Parador Santarém Marina – Pousadas de Petrópolis: um gostoso almoço dominical na Alcobaça – Pousadas de Petrópolis: um dia na Locanda della Mimosa (mais Locanda clique aqui) -Parada estratégica a caminho do Vale das Videiras – Fazenda das Videiras – Duetto: delicioso e lindo restaurante  – A caravana rumo ao Parador Valência: quem me acompanha? – Um dia na Locanda della Mimosa (e mais um: Aproveite que o Danio ainda está por lá) – Vamos subir a serra? Uma seleção de programas deliciosos em Petrópolis – O Quiosque: bonito, gostoso e posicionado estrategicamente para um almoço antes de descer a serra – Casa do Alemão x Pavelka: quem é melhor? […]

  3. Júlio Says:

    ALEMÃO

  4. pop Says:

    De longe o Pavelka. Talvez a franquia do Leblon não escorra corretamente a gordura do croquete,mas o do Alemão tem gosto de farinha de trigo. O pão dos sanduíches é muito superior ao do Alemão. Prefiro a salsicha de vitela à linguiça, que no Pavelka também é melhor. Falo da casa na entrada de Petrópolis. Na Deli 43 do centro também gostei, mas estando na Barra, como no Alemão e acho bom. Lado a lado, sempre o Pavelka.

  5. Adrian Giese Says:

    Sou de Petrópolis e desde pequeno conheço tanto a Casa do Alemão quanto a Pavelka. Este último eu diria que atualmente possui mais qualidade nos produtos finais, ainda com o toque artesanal nos sanduiches e croquetes, enquanto a Casa do Alemão cresceu muito e tornou seus produtos realmente industrializados, perdendo assim na minha opinião, aquele sabor original e gostoso que tinha antes. Além disso o atendimento na Casa do Alemão deixa a desejar, enquanto na Pavelka o dono aparece e vem na sua mesa saber como estão as coisas. Então, meu veredicto final : Pavelka.

  6. Fernando Martins Says:

    Casa do Alemão

  7. el_burn Says:

    nossa, parei no segundo paragrafo… desculpa, mas sua opinião ta claramente influenciada pelo lado afetivo. A pavelka sem duvida alguma tem muito mais qualidade, seja nos insumos, na preparação e no atendimento!! Em termos de sanduiche então, o que voce falou é um absurdo, numa boa…
    Gostei do seu outro post sonre o Bra Urca, parabéns pelo blog.

    • brunoagostini Says:

      Pois é… eu diria o mesmo lendo o contrário… Não dá para comparar. Enfim… Que bom que há opiniões contrárias. Obrigado aí pela presença e leitura. Um abraço

  8. Fernando Says:

    O Pavelka é muito melhor, contra fatos não existem argumentos

  9. Henrique Gran Says:

    Gordurento e talvez feito com massa de feijão fradinho com um toque desses pós que viram caldos é o da Casa do Alemão!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: