O bolinho Gente Boa do Braca, com jiló e linguiça, e a teoria de que, muitas vezes, dividir é multiplicar (e danem-se os chatos)

Às vezes, dividir é multiplicar.
Quando a dupla Chico & Alaíde, os personagens mais famosos do Bracarense, deixaram o boteco do Leblon para abrir um bar com os seus nomes, há cerca de três anos, muita gente chiou.
Uns diziam que o Braca não seria mais o mesmo. Outros apostavam no fracasso do novo empreendimento, que está em ótima fase (aliás, foi tema de post recente aqui).
A turma que ama reclamar de tudo, até de um bar que perde funcionários e de pessoas que se aventuram em um novo negócio, deve estar frustrada. Porque o Braca segue em sua trajetória, e tudo parece estar como antes, enquanto a gente ganhou um dos melhores botecos da cidade.
Uma beleza.
O Bracarense, na verdade, para mim, voltou aos velhos tempos. Tem menos gente. Tem um chope fantástico. E tem sempre uma boa novidade, fora do cardápio. Para ler um post relativamente recente, do meio do ano passado, clique aqui.
Agora, com a valorização da cultura dos botecos, tem tanto, mas tanto bar novo na cidade, que o Braca saiu dos holofotes. Eu prefiro assim. De verdade. Hoje eu consigo mesa. Hoje eu consigo lugar no balcão. Houve um tempo em que isso era impossível.
Uma das últimas gratas novidades foi o chamado bolinho Gente Boa, nascido em homenagem, e a pedido, da coluna, no Segundo Caderno do jornal O Globo (são os dois que aparecem em primeiro plano, na foto lá do alto). Trata-se de uma adorável cobinação botequeira, entre jiló e linguiça, recheando uma massa tipo rissoles perfeita. Fica uma maravilha com umas gotas de boa pimenta, e na escolta de um chope gelado. Um, não, dois.
Gostei mais até do que o clássico bolinho de aipim com camarão e catupiry (que aparece na parte de trás do prato lá do alto do post). Uma beleza.
E viva o Bracarense!

Para finalizar, deixo um recorte de jornal, do final dos anos 1990, quando botecos começavam a entrar na moda, e o Braca reinava absoluto.

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: