Quiabo na brasa: sim, é uma delícia (mais um item para o churrasco vegetariano)

Quiabo na brasa

Churrasco é algo que me encanta. Não exatamente pelas carnes apenas, que muito aprecio, mas pelo processo.

Acho lindo e saboroso assar a comida no calor da brasa, algo selvagem e ancestral, rústico. O  defumado que o fogo empresta, o fogo intenso, e controlado por nós.

Tão apreciador que sou deste método, que uso para fugir do trivial em casa, e tudo o que posso preparo no grelha da churrasqueira.

Gosto de fazer vegetais dessa forma (para ler um post, clique aqui). Já fiz aspargos e berinjelas, abobrinhas e abóboras, cebolas e alhos, endívias e beterrabas, batatas e cenouras, entre outras plantinhas. Neste final de semana passado eu testei o quiabo (tive a ideia ao provar um cardápio franco-brasileiro no restaurante Térèze, no hotel Santa Teresa, no meio do ano passado, porque um dos meus pratos preferidos foi o tambaqui na churrasqueira com vinagrete de vegetais ao maracujá doce, servidas com mousseline de banana d’água e quiabo grelhado: para ler sobre o almoço, clique aqui).

Adoro esse ingrediente, tão especial que é personagem importante das religiões africanas, oferenda certa nos aniversários baianos, recheio de acarajés tradicionais.

Por ser africano trazido para o Brasil pelas mãos dos escravos, é algo inteiramente brasileiro.

Ficou delicioso. É muito simples. Primeiro, lavamos bem os quiabos, esfregando a casca. Depois, cortamos a parte de cima, que liga o fruto à planta, tirando o cabinho. Então, cortamos ao meio, no sentido do comprimento. No fogo bem quente da brasa, jogamos os quiabos, sem qualquer tempero. Tem que ficar atento, porque fica pronto rápido. Só depois de assados vamos temperar. A meu ver, basta um bom  azeite e flor de sal (páprica também vai bem, acredito). Fica uma delícia, com as sementinhas espocando na boca, e sem baba.

Curti muito. Para acompanhar, um bom branco (no caso, o Bossa 2009, um lindo português, feito por Filipa Pato)

Não acredita que é uma delícia? Então faz em casa para ver. Mas sem preconceito, por favor.

 

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro: clique aqui.

Índice de posts de cidades no estado do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

2 Respostas to “Quiabo na brasa: sim, é uma delícia (mais um item para o churrasco vegetariano)”

  1. Guilherme Lopes Says:

    Deve ser bom mesmo.

    Estou apanhando para lembrar um prato típico da África que experimentei uma vez com bastante quiabo. Era divino!

    Se lembrar eu te falo.

  2. Rafael Dias Says:

    Dica da mamãe para escolher quiabo no supermercado: Tente quebrar a pontinha. Se quebrar de primeira e soltar da parte maior, leve. Estes estarão tenros e crocantes.
    Se a ponta quebrar, mas continuar presa ao quiabo, evite. Estes quiabos estarão fibrosos.

    Quem curte, não pode perder o quiabo do indiano Orienthai, em Botafogo. É maravilhoso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: