Menu no Sri Lanka em cartaz no tailandês Sawasdee: picante, fresco e leve

O chef Marcos Sodré foi um dos primeiros no país a apostar na cozinha tailandesa. Em 1998 inaugurou o seu Sawasdee, em Búzios, que há uns cinco anos chegou ao Rio, primeiro se instalando na Rua Dias Ferreira, no Leblon, e depois no Fashion Mall, em São Conrado. Nas duas lojas cariocas ele com certa regularidade serve menus de outros países da Ásia, para onde sempre viaja em busca de inspiração, ultimamente na companhia do filho, Thiago, que hoje divide com ele as responsabilidades na cozinha.

Desta vez Marcos apresenta ao cariocas a culinária típica do Sri Lanka, que tem um quê de interseção entre Índia e Tailândia. Ontem estive lá, numa animada mesa entre amigos, incluindo o próprio chef, que vez ou outra aparecia para um brinde, e para apresentar as receitas.

Sempre comi bem no Sawasdee, mas ontem sem dúvida tive uma de minha melhores experiências. O menu custa R$ 120, por pessoa e fica em cartaz até o dia 14, ou seja, o próximo domingo. Em Búzios, na matriz, a lindíssima casa original na Orla Bardot,  o menu será servido nos dias 19, 20, 26 e 27 de abril. Uma boa desculpa para ir até lá para quem não puder provar durante a temporada carioca.

Para quem gosta da cozinha asiática, é uma brincadeira imperdível, uma deliciosa refeição picante, fresca e leve.

Mango lassi

O boas-vindas é o mango lassi, uma espécie de suco de manga com toque de iogurte. Refrescante, saboroso.

Sawasdee - mandiopan

Mas nós começamos mesmo foi com uma cava, que acompanhou muito bem o mandiopan com curry, o amuse bouche da casa.

Sawasdee - Riesling alsaciano

E logo partimos para dentro da Riesling. Primeiro, saboreando um lindo alsaciano, o Domaine Barmès Buecher Herrenweg Riesling 2009,  seco, fresco, mineral, aromático. Foi ele que nos acompanhou durante a primeira rodada, casando perfeitamente com a comida, picante, intensa, aromática.

Sawasdee - menu Sri Lanka

Os acompanhamentos chegam todos juntos, com o prato principal, ocupando toda a mesa:  arroz basmati com coco torrado; sambal de coco fresco; berinjelas grelhadas com castanhas e semente de mostarda; chutney de abacaxi; kale malung (salada de taioba com chili, limão e coco fresco); chapatis de farinha integral e …

Sawasdee - batatinhas

… batatinhas douradas com feno-greco e hortelã (close nelas!).

É preciso escolher entre três opções de prato principal: o curry de cordeiro com grão de bico que aparece em posição central, com o pauzinho de canela,  na foto da mesa com os pratos servidos (duas imagens acima);…

Sawasdee - Curry Negro de Peixe com Quiabo grelhado e tomate cereja

… o curry negro de peixe com quiabo grelhado e tomate-cereja…

Sawasdee - Chicken Massala com castanhas de caju

… ou o chicken massala com castanhas de caju e iogurte.

Adorei os três. E acho que bom mesmo deve ser formar uma mesa grande, pra provar de tudo. Só de escrever esse post eu salivo, e fico com vontade de voltar para provar novamente. O trio reforça, uma vez mais, o talento do Marcos Sodré na criação de molhos com leite de coco e especiarias. Eu comia esses caldos aromáticos, encorpados, picantes e apaixonantes com colher, com certa compulsão, e imenso prazer. Coisa de doido. Clap clap clap clap clap!!!!! Aplaudo de pé. Com lágrimas nos olhos e soltando fogo pelas ventas, numa alegria incontornável, quase juvenil, que a comida boa é capaz de me proporcionar. 🙂

Sawasdee - Riesling alemão

Pedimos um repeteco do cordeiro e do frango (não que fossem os melhores). Agora, apreciando um belíssimo Riesling alemão, o Schloss Vollrads Riesling 2010, que ficou ainda melhor com o menu do Sri Lanka. Como eu gosto da uva Riesling, e como eu sou apaixonado pelos exemplares da Alemanha!

– Alguns pratos devem entrar em cartaz, e o cordeiro com certeza eu vou servir no Festival Gastronômico de Búzios – diz o chef Marcos Sodré, me tentando a comparecer à festança culinária do balneário, nos dois primeiros fins de semana de julho.

Sawasdee - Panacota de limão ao molho de abacaxi perfumado com kaffir e capim santo

Para a sobremesa, panacota de limão ao molho de abacaxi perfumado com kaffir e capim santo, para terminar levemente.

E o café, é claro.

Numa boa: gostei muito. E recomendo fortemente para os que apreciam a cozinha picante da Ásia, claro.

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro:clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: