O Lado B de Ipanema: bom, bonito e Bazzar, ou seja, delicioso

Inquietude é uma virtude que admiro. Essa gente que mexe em time que está ganhando, que muda o rumo da prosa, que não se acomoda na zona de conforto. A Cristiana Beltrão, do Bazzar, é assim. Amiga querida que viaja o mundo, radar da boa mesa, está sempre bolando algo novo para os seus restaurantes. Geralmente, faz as suas intervenções no Bazzar, que é como um catalisador de tendência, sempre ligado no que está acontecendo lá fora.
Assim, abriu mão da fórmula vencedora do Bazzar Café, instalado em filiais da Livraria da Travessa, no Centro, em Ipanema e no Leblon, para lançar o Lado B, na unidade da Visconde de Pirajá. Enxugou o menu, e pintou de verde-e-amarelo certas receitas, tingindo de queijos mineiros, goiabada e outras iguarias brasileiras o cardápio, e outras referências universais da boa mesa, passando por Paris e Nova York. Aí, temos tábua de queijos artesanais, pão com ovo mexido, croque sinhá (com presunto, ovo e gruyère)… Menu enxuto e esperto, com tábuas, entradinhas, na pegada leve, com saladinhas atraentes e sopinhas idem (que tal abóbora com gorgonzola doce do Piemonte?), pratos principais, com seleção de grelhados, sanduíches (um dos destaques) e sobremesas, além da seleção de iguarias do café da manhã.  Encontramos clássicos do Bazzar, como o escondidinho de aipim com pato e queijo de cabra da Fazenda Genève, além da a tarte tatin.
Na sexta passada, aproveitando uma reunião de última hora no Rio (estava em Teresópolis, curtindo as férias, mas tocando também um projetinho bem legal, que em breve vocês vão saber), fui lá conferir a casa, e de quebra comprar uns guias de Londres, próximo destino na volta ao trabalho.

Bazzar Lado B - Bacalhau
Cheguei, e tinha fila. Mas logo duas mesas vagaram, afinal, já eram mais de 15h. Durante a recente viagem que fiz à Alemanha, acompanhei a Cristiana Beltrão postando via Instragam alguns pratos do Lado B. Um dos que mais me seduziram foi a receita que combina bacalhau com arroz vermelho, ovo caipira cozido, cebola roxa laminada, alho confit, azeitonas pretas e saladinha, para regarmos com muito azeite.

Lagarde Viognier 2012
Com uma taça de branco encorpado, com o este Viognier argentino 2012, da Lagarde tudo fica ainda melhor. Para medir a quantidade, uma armação de metal, que indica o nível. Simples, eficiente. Tem cara de Nova York.
Confesso que o prato seria suficiente para matar a minha fome de almoço. Acontece que, bem antes de nascer o Lado B eu já tinha me prometido uma outra visita, para provar – de novo – o hambúrguer do Bazzar Café, depois de uma reportagem que me “obrigou” a provar vários exemplares da categoria no Rio de Janeiro. Prometi voltar, porque sempre achei o cheeseburguer do Bazzar um dos melhores.

Bazzar Lado B - Cheeseburguer de picanha
Hoje, depois de novamente provar a composição, que leva carne de picanha, com a gordura moída em separado, para dar mais suculência ao hambúrguer, tenho certeza que é dos melhores. A carne vem com o interior rosado, e a casquinha bem grelhada, coberta com queijo cheddar em estado de derretimento. Ao redor, alho confit, saladinha de rúcula, e dois molhos da casa, barbecue e mostarda.

Syrah-Grenache
Aí, pedi uma taça de tinto, um Syrah com Grenache do Languedoc. E fui inspirado para a reunião. Inspiradíssimo.

Bazzar - café
Depois do café, com pazinha trazendo goiabada, claro.

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro: clique aqui.

Anúncios

5 Respostas to “O Lado B de Ipanema: bom, bonito e Bazzar, ou seja, delicioso”

  1. Cristiana Beltrão Says:

    Querido Bruno, muito e (sempre muito) obrigada pelo seu post! Fico muito feliz que tenha gostado e espero te rever em breve. Um beijo comovido, Cris.

  2. brunoagostini Says:

    Adorei, Cris. E o X-burgão é nota dez!!! Beijo

  3. Dri Says:

    Faltou o cardápio! Alias, Cristiana (que eu sei que vai passar por aqui de novo), tive que procurar (e muito) até encontrar o cardápio do Café e do restaurante no site (dentro da aba “falando nisso”). E não consegui encontrar informações sobre horário de funcionamento, horário de serviço do café da manhã e os preços…

    Não entendo porque é tão difícil encontrarmos cardápios com preços aqui no Brasil…

  4. Léo Says:

    Dri, porque a metade das pessoas que dessem uma olhada nos preços correriam pro mercado pra cozinhar sua própria comida…

  5. Maysa Alexandrino Says:

    Ameeeeiii o Bazzar e não vejo a hora de fazer uma visita ao Lado B.
    Parabéns ao trabalho da Cris!
    Uma delícia!
    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: