El Chalaco: Marco Espinoza, do Lima Restobar, inaugura casa de sanduíches peruanos no Baixo Leblon

Parece que tem mais tempo, mas o Lima Restobar, em Botafogo, abriu as portas este ano, em fevereiro, e logo entrou para a minha lista de restaurantes preferidos, servindo uma comida deliciosa em ambiente descontraído, com preços legais. Já estive lá umas seis ou sete vezes, talvez oito, de lá para cá, em em todas as ocasiões, saí feliz e satisfeito. Foi uma das grandes novidades recente na movimentada cena gastronômica carioca, como contei neste post aqui e neste aqui (tanto que ganhou os prêmios de melhor novidade do Rio pelo Rio Show, do jornal O Globo, com o meu voto, e da revista Época).
O Lima Restobar é uma casa peruana, fiel representante das vertentes mais jovens dessa grande tradição gastronômica. Ali, encontramos ceviches memoráveis, mas por outro a casa também mostra que a cozinha do país andino vai muito além dos peixes curtidos no limão, e dos tiraditos e das causas, que a propósito são deliciosos.

lima-butifarras-criollas
Os pratos que mais me encantaram foram as receitas quentes, começando pelas butifarras criollas aí de cima, sedutores e aconchegantes sanduíches de porco. Entre os pratos, caí de amores pelo cordeiro assado lentamente, servido sobre mandioca imersa em molho cremoso de queijo, com o caldo do próprio cozimento, ervilhas e coentro, estava de comer rezando e pelas costelinhas de porco, também assadas lentamente, envolvidas por um molho defumado por sobre um purê de grão-de-bico, primo mais ácido e temperado do árabe hommus, além do canelone de pato com molho cremoso de queijo, que é simplesmente fantástico.
Virei fã do chef Marco Espinoza, que conquistou a minha admiração não só pela comida que faz, mas pela postura profissional, pelo cuidado que tem na montagens de suas equipes, e pelo espírito empreendedor e corajoso.
Como dizia, as butifarras criollas estão entre os meus pratos preferidos no Lima, e olha que a concorrência é pesada. Por isso, vibrei quando ele me contou que abriria uma casa de sanduíches peruanos, outra tradição gastronômica do país, no Leblon, ali ao lado do Jobi, querido Jobi, botecão que embala as minhas madrugadas, onde ultimamente bebo mais do que como.
Na semana passada abriu as portas a nova casa, El Chalaco, em homanagem ao bairro famoso por ter casas do gênero. Mal conheci e já gostei. Cheguei tarde, depois do fechamento do jornal, por volta de meia-noite.

El Chalaco 1 - Rojo e blanco
Para começar, “La roja y blanca”, drinque leve e refrescante, feito com chá de frutas vermelhas, e a polpa delas, com pisco, e um toquezinho de limão. Beleza, para matar a sede e dar uma relaxada depois do trabalho. Assim como o Lima, no quesito “bebes” a melhor pedida são os drinques, mas também há cervejas (as duas páginas do cardápio, com preços etc, estão lá no final do post).

El Chalaco 2 - Chalaquitos de pulpo
Logo chegaram os “Chalaquitos de pulpo”, surpreendentes sanduichinhos de polvo em pão de batata doce com um toque de canela, servidos em porções de quatro, pensados para serem divididos pela mesa. Uma belezura, com cebola roxa e os molhos da casa, que escolhemos entre diferentes variedades: maionese caseira, barbecue de laranja com gengibre, maionese de berinjela defumada e por aí vai…
Todos os pães, aliás, são feitos ali: o chef importou um padeiro de Lima, no Peru, só para cuidar disso.
Foi quando pedi o “Atardecer”, drinque feito com vodca de baunilha, tangeria, laranja lima e limão. Provei, aprovei, mas não fotografei.

El Chalaco - Butifarras criollas de cerdo
Depois, uma versão diferente das “Butifarras criollas de cerdo”, maior, em porção individual (mas que já vem cortada ao meio, para dividir). Para acompanhar, aipim em cubos com cebola, bacon e cogumelos, uma das quatro porções que podem escoltar os sandubas, dando mais sustância (tem batatinhas rústicas, aquelas em canoa, cortadas com casca; batata-doce frita em palito e batatinhas daquelas redondinhas e pequeninas, igualmente com casca, imersas em molho picante com um pouco de queijo).

El Chalaco - Cerdito Nikkei
E já que o porco está mais na moda do que nunca, com exceção do duplamente rebaixado Palmeiras, o passo seguinte foi o “Cerdito nikkei”, com abacaxi, que vieram acompanhadas das tais batatinhas picantes, realmente apimentadas (deu até um calor), que eu curti mil vezes.

El Chalaco - Pisco Sour
Aí, chegou um pisco, impecável como os que bebi no Lima. A clara cremosa, com textura agradável, o equilíbrio dos ingredientes, a acidez que dá uma excitada na língua, limpando a boca, deixando-a pronta para a próxima mordida…

El Chalaco - Anticuchos
Veio, encerrando o circuito, para acompanhar o anticucho de picanha, o espetinho tradicional peruano, com molho de ají amarillo, batatinhas e minimilho, dando só um soprinho de brasilidade ao enxuto menu, que ainda tem várias coisas que despertaram a minha curiosidade, como o Chalaco Burguer, a Picanha Burguer e, finalmente, a versão sanduíche do lomo saltado, aquele prato clássico, de filé mignon com ovo frito, cebola, tomate…
Aos sábados e domingos, das 12h às 18h, são servidos dois tipos de ceviche, o clássico, de pescado branco, e o de salmão nikkei.
Agora, só falta o Jobi abrir as portas, para eu me revezar entre os dois, que estão assim separados por uns 15 ou 20 passos.

—————————

Agora, o menu.

El Chalaco - menu 1

A página dos petiscos, sanduíches e acompanhamentos.

El Chalaco - menu 2

E as sobremesas, os ceviches dos fins de semana e as bebidas.

Índice de posts de bares e restaurantes na cidade do Rio de Janeiro:clique aqui.

Anúncios

4 Respostas to “El Chalaco: Marco Espinoza, do Lima Restobar, inaugura casa de sanduíches peruanos no Baixo Leblon”

  1. Patricia Mancini Says:

    Amo o Rio, me sinto sempre bem aí. Sou de SP.

  2. Hambúrguer gourmet: um roteiro pelas melhores versões da cidade | Rio de Janeiro a Dezembro Says:

    […] Por Bruno Agostini « El Chalaco: Marco Espinoza, do Lima Restobar, inaugura casa de sanduíches peruanos no Baixo Le… […]

  3. edu Says:

    Nosa…tem tudo menos o endereco…tenho bondade de ir…mas nao vi o endereco…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: