Rumo à Borgonha, com parada em Paris: blog volta das atividades em grande estilo (vem comigo)

O simpática bar  Ambassade de Bourgogne, em Paris, com vinhos inteiramente dedicados à região francesa

O simpático bar Ambassade de Bourgogne, em Paris, com vinhos inteiramente dedicados à região francesa

E este blog Rio de Janeiro a Dezembro retoma as atividades em grande estilo. Já estou na sala de embarque do Galeão. No final da tarde decolo em direção a Paris, onde faço um saboroso pit stop antes de partir rumo à Borgonha, de trem (vai ter um jantar incrível no Palais de Tokyo).
O roteiro na Borgonha tem uma incrível seleção de restaurantes, incluindo nomes como Maison Lameloise e o relais Bernard Loiseau, além de visitas a toneleiros, em Mersault, e a fabricantes de mostarda, em Fallot, uma escapada até Chablis, Beaune, Pommard, Auxerres, Vézelay… Além de momentos de relaxamento no spa do Relais & Châteaux La Côte Saint Jacques & Spa (onde, aliás, jantamos), porque ninguém é de ferro…
Na última vez que estive em Paris, em abril, eu dediquei parte do meu tempo na cidade justamente a fazer uma matéria sobre a Borgonha: lugares especializados nos vinhos, e na cozinha deste região francesa, paraíso de qualquer enófilo, disposta entre Dijon, ao norte, e Lyon, ao Sul, considerando aí a região de Beaujolais. São endereços como o Ambassade de Bourgogne, que aparece na foto que ilustra este post. Para ler a matéria, clique aqui.
Também aproveitei aquela viagem para jantar no restaurante de Alain Ducasse, no Le Meurice (agora, o chef reabriu a sua cozinha no recém-reformado Plaza Athenée, que vou tentar visitar amanhã para ver como está depois das obras), além de outras aventuras gastronômicas que ainda não posso contar (mas que em breve você verá em alguma banca perto de você). Para ler a matéria do Alain Ducasse, clique aqui.

Paris é sempre bom, mas eu gosto ainda mais no outono, ou comecinho do inverno, com seu frio acolhedor, ruas mais vazias, e a possibilidade de se agasalhar para caminhar por suas ruas de rara beleza, um charme urbano poucas vezes visto. Paris…Sempre fico feliz indo a Paris.

Vou ficar feliz em ter a sua companhia nesta viagem, ainda mais porque inaugura uma nova fase deste blog.

Vem!
Mais matérias de Paris?
Este post aqui tem links para várias delas, feitas por mim.

E mais:

– Bistronomiques: 10 restaurantes em Paris que você precisa conhecer

– Um flaneur gourmet em Paris

– Dicas gastronômicas de Paris por Roland Villard

– As melhores baguetes e o primeiro bistrô de Paris em Montmartre

– Cenário de cinema, diversão e arte, Canal Saint-Martin agrada a turistas e parisienses

– Três harmonizações clássicas testadas e aprovadas em Paris

– Os sete palácios capitais: os hotéis mais chiques de Paris

– Os sabores da tradição nos balcões clássicos de Paris

Mais Borgonha?

– Nuits-Saint-Georges: a elegância encorpada da Borgonha

– Queijos na França: da Normandia à Borgonha

– Borgonha popular: geralmente caros, existem tintos a menos de R$ 100

– Os brancos da Borgonha, o elegante e profundo reino da Chardonnay

Anúncios

2 Respostas to “Rumo à Borgonha, com parada em Paris: blog volta das atividades em grande estilo (vem comigo)”

  1. Rafael Dias Says:

    Conte comigo nesta viagem! 🙂

  2. Malu Esper Says:

    Bruno estive agora, em Outubro, em Paris e o clima estava delicioso. Prazer total. Aproveite muito e vou aguardar seus posts.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: