Lima, no Peru: os restaurantes que eu não fui, mas que ainda vou

Cheguei a Lima na manhã de uma quinta. Retornei ao Rio na noite de domingo. Deu para ter um belo aperitivo da capital peruana nesta minha primeira visita de muitas que espero fazer. Nesse tempo, consegui visitar uns 15 restaurantes e bares. Com duas investidas nos sandubas do La Lucha. Mesmo assim, não deu para ver tudo o que importa. Para quem quer explorar a fundo a cozinha peruana pode programar facilmente uma visita de uma semana a Lima, com escapadas a lugares próximos, como ao famoso mercado de peixes, no terminal pesqueiro.
De uma maneira geral, não é confete: Lima é hoje o mais interessante destino gastronômico da América do Sul. E o que você está esperando para ir até lá? Esqueça aquela sua vigésima viagem que está sendo programada para Buenos Aires, para uma vez mais se dedicar a comer carne e beber Malbec. Lima está muito mais atraente no momento, gastronomicamente falando. Vai por mim…
Mas, como dizia… Visitei uns 15 restaurantes, mas ainda assim faltou muita coisa importante, a começar pelo Central Restaurante, do badalado chef Virgilio Martinez, que muitos consideram o melhor do país (inclusive, acho, aquele ridículo ranking da revista inglesa, que não confio). Acabei desestimulado a visitar o Central pelo próprio grupo que estava comigo, gente que não curtiu muito a experiência um tanto radical que ele propõe, e fizeram isso mostrando fotos de pratos para lá de conceituais. Tinha curiosidade, mas não fez falta. De qualquer modo, entre os turistas interessados no tema, é lugar de visita obrigatória. E um dia eu ainda vou, provavelmente.
Outro endereço desses imperdíveis é o Chez Wong, a casa dos mais famosos e cobiçados ceviches da cidade, um restaurante que ao que consta serve pratos feitos com apenas um peixe, o linguado, que aparece em diferentes versões de ceviches, tiraditos e umas outras receitas. Não fui porque a casa fecha as portas em janeiro. Pena. Esse eu quero MUITO ir, ainda que amigos garantam que existe muito marketing (mas o restaurante não tem site). Mas o fato – todos concordam – é um ótimo restaurante.
Pelo nome que adoro, Pescados Capitales, e pelo farto repertório de pratos com peixes e frutos do mar, este é um dos restaurantes mais recomendáveis de Lima, e também encabeça a minha lista de casas a visitar na minha próxima viagem a Lima.
Entre os restaurantes nikkei, queria ter ido a pelo menos mais três: Osaka, Maido, principalmente esses dois, e também o Edo Sushi Bar. O trio também está no topo de minhas preferências para uma próxima visita.
Existe também na capital peruana uma padaria famosa, El Pan de la Chola, que anda fazendo o maior sucesso. Além de pães para lá de especiais, dizem que toda a linha de bolos, tortas e outros itens desse gênero, além de iogurtes orgânicos, cervejas artesanais, chás e os mais diversos sanduíches, valem a visita.
Fui a quatro casas de Gastón Acurio, mas poderia ter ido a mais. Um lugar que ficou só na vontade, por exemplo, foi chocolateria Melate, idealizada pela sua mulher, a alemã Astrid Gutsche, sua parceria também de negócios. E ainda assim faltariam mais quatro restaurantes para visitar com a assinatura de Acurio, que logo logo (acreditem) vai virar presidente do Peru: Los Bachiche (comida ítalo-peruana), Papacho’s (casa de “sánguches”, ou sanduíches), Madam Tusan (comida chifa, chinesa-peruana) e Chicha (comida regional). Precisamos viajar a Lima com tempo… e muita fome. Vale a pena.
Sinto que preciso voltar. Logo. Com mais calma e o mesmo apetite. Melhor ainda se com as mesmas companhias.

Para encerrar, deixo ainda este link para uma ótima reportagem sobre restaurantes no Peru, publicada no The Guardian.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: