Guia 450 Sabores do Rio 44 – Guimas: o mais carioca dos bistrôs e sua cozinha aconchegante

O filé à milanesa, servido com salada de batatas, pode vir em versão aperitivo, já cortado para ser compartilhado pela mesa

O filé à milanesa, servido com salada de batatas, pode vir em versão aperitivo, já cortado para ser compartilhado pela mesa

Existem muitos restaurantes e chefs franceses no Rio. Nenhum, porém, é tão bistrô quanto o Guimas, que mesmo assim pode ser considerado um dos mais cariocas dos restaurantes. Porque o conceito de bistrô tem a ver com informalidade, com a cozinha caseira e o ambiente familiar, frequentado pelos moradores da redondeza e com forte identidade local. O Guimas é tudo isso, e muito mais. Tão carioca que é, o Guimas – inaugurado em 1981 – chega a ser boemio. Está encravado no Baixo Gávea, onde bate forte o espírito notívago da cidade, mesmo com as restrições de horário dos últimos anos (a cozinha fecha à uma da madrugada, mas o povo ainda fica um tempo por lá). Mesmo sendo bistrô, tem forte identidade lusitana, já que as famílias Guimarães e Mascarenhas (sacou a origem do nome?), os fundados e ainda à frente do negócio, agora com as novas gerações ajudando nos trabalhos, são de origem portuguesa. Daí os bolinhos de bacalhau muito bons que ótima pedida para começar. O couvert tem aquele jeitinho de antigamente, com pão feito na casa, quentinho, lembrando uma sacadura, e seu acompanhamentos: patê da casa, boursin, manteiga, azeitonas e os sumidos palitos de cenoura, servidos em um copinho. Seguindo a linhagem confortável e tradicionalista da casa, a lista de petiscos inclui famosos croquetes de carne e pastéis de brie, e carpaccio de carne, com rúcula e parmesão. Chamado de Best Burger, o hambúrguer do Guimas leva molho brie e gorgonzola e vem com batata frita e salada. Às sextas-feiras no almoço tem um cultuado steak tartare, seguindo a escola francesa, e ele não poderia deixar de existir em um bistrô. Na lista de receitas mais emblemáticas do restaurante, Portugal está bem representado, pelo bacalhau à Brás (desfiado com cebola, ovo, salsa e batata palha) e pelo arroz de pato, com tempero de cenoura e alho-poró, além do paio de sempre. As carnes são a especialidade. Se estiverem em cartaz, peça a costeleta de cordeiro ao molho de mostarda. Não menos que perfeitas. O filé do Chico está entre os mais pedidos, com molho de vinho, champignons e creme, acompanhado de batata palha e arroz. Outro clássico de bistrô, o steak au poivre tem ótima execução. O picadinho com farofa, banana, arroz, feijão e ovo celebra a mesa carioca. E outro prato clássico da cozinha tradicional do Rio de Janeiro, nascido nas casas alemães mas que se alastrou por toda a cidade, o filé à milanesa com salada de batatas do Guimas é digno de tombamento, assim como os do Bar Luiz e o do Herr Pfeffer, este sim um legítimo germânico, cada qual ao seu estilo. No restaurante da Gávea a carne vem macia,   quase do tamanho de um prato, com a salada cremosa, de maionese caseira, temperada com cheiro verde, vem em cumbuca à parte, com um pratinho com limão cortado e a mostarda. Pode ser pedido como prato principal, ou em versão aperitivo, já cortado, para ser petiscado pelos comensais. Vai bem com cerveja. Vai bem com vinho branco, e vai bem com tinto leve. Vai bem com tudo. E depois de repasto aconchegante assim, tem doce de leite (dos melhores do Rio), goiabada com flan de queijo coalho, mil folhas, pudim de chocolate e até sundae para quem quiser lembrar um pouco da infância.

GUIMAS – Rua José Roberto Macedo Soares 5, Gávea. Tel. 2259-7996. Diariamente, do meio-dia à 1h. www.restauranteguimas.com.br Aceita cartões.

Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: