Archive for fevereiro \13\-02:00 2020

A cozinha chifa e uma seleção com os melhores restaurantes chineses do Rio

13/02/2020
Canton - sanduiche

Sanduíche picante de copa-lombo glaceada, do Cantón – Foto de Bruno Agostini

A cozinha peruana está mais do que na moda, e com isso seus variadas e diferentes vertentes vão sendo mais conhecidas. A gastronomia do país andino tá longe de se resumir ao ceviche.

Uma dessas correntes é a cozinha chifa, de origem chinesa. A abertura de uma casa com essa comida, por ora só para entregas, inspirou um post, com uma seleção com os melhores restaurantes chineses do Rio.

Link aí.

Seleção Carioca: os quatro melhores restaurantes chineses do Rio – e o primeira cozinha chifa do Brasil

O mignon do Mr. Lam, e uma seleção com os melhores restaurantes chineses do Rio

12/02/2020
milanesa-do-mr-lam

O ma mignon, do Mr lam – Foto de Bruno Agostini

“O repertório de receitas chinesas (mais precisamente, de Pequim) é vasto. O próprio arroz frito, acompanhamento, ganha contornos de celebridade, em seu preparo soltinho, com camarão, cebolinha e ovo mexido. Mas o troféu pelo conjunto da obra vai mesmo para o chamado Ma Mignon Mr. Lam, um filé mignon à milanesa, fatiada, com a carne muito, mas muito macia, e a casquinha crocante, servido com “um molho para não esquecer jamais”, como define o próprio menu. Não é exagero. O molho – escuro, denso, apimentado – envolve o mignon de tal madeira que realmente fica difícil tirar da memória. Melhor ainda, se tivemos um potinho de arroz frito ao lado. Com todo o respeito ao pato laqueado, o Ma Mignon é campeão.”

Mais no site: https://menuagostini.com.br/retrato-de-um-prato-ma-mignon-o-milanesa-a-moda-chinesa-do-mr-lam/

Seleção Carioca: os quatro melhores restaurantes chineses do Rio – e o primeira cozinha chifa do Brasil

 

 

 

Menu Agostini: uma seleção com as melhores empadas do Rio

01/02/2020

 

Azur - empada de cavaca

Azur: empada de cavaca – a melhor de todas! – Foto de Bruno Agostini

Até a inauguração do quiosque Azur Praia, no Leblon, minhas empadas prediletas estavam fora do Rio. Mas quando a birosca praiana do chef Pedro de Artagão abriu as portas as empadas viraram um petiscos preferidos deste que vos escreve. Pudera, é covardia: de cavaca com requeijão, com a carne imersa em notável molho de tomate – servida no estilo “aberta”, envolvida por massa delicada e untuosa. Pra comer de dezena. De fazer sonhar com ela. Peça pimenta, uma garrafa de espumante – ou quem sabe um gin tônica ácido, perfumado e refrescante? – e seja feliz curtindo esses poentes lindos do verão carioca.

Quando eles venceram, pela primeira vez, o Prêmio Época, que eu coordenava e escrevia, disse isso sobre o quiosque:

“Depois de anos com tentativas frustradas, a partir de vários formatos e com diferentes empresários do ramo de restaurantes, parece que – finalmente – o Rio começa a ganhar quiosques com comidas, bebidas, serviço e ambiente à altura do local privilegiado em que estão. Tanto que pela primeira vez faz sentido criar a categoria neste Prêmio Época. E no ano de estreia a vitória ficou com o Azur Praia, do chef Pedro de Artagão, inaugurado no verão passado na orla do Leblon.

Continua no site: https://menuagostini.com.br/selecao-carioca-um-timaco-com-11-lugares-que-servem-as-melhores-empadas-do-rio/